Image
 
O que vou dizer ao confessor?
 
Começamos assim: como deveríamos definir a primeira fonte de angustia  para àquele que se encosta à Penitência? Óbviamente, para alguém que nunca se confessa, não sabemos quanto poderá sofrer para se fazer uma idéia aproximada daquilo que aconteceu na sua conduta moral. Mas, desses, não me interesso.
Image
 
Ao contrário, uma alma boa e generosa, que recebe com frequência a Absolvição Sacramental, com certeza se examína todas as tardes e toma consciência das suas faltas à nivel do cotidiano.

Esta, digamos, que quebra a cabeça, por ESSA, daquele exáme cotidiano certamente chegou a um exáme continuo,aquele que, isto sim, tem sempre presente as próprias faltas, como descrito no Salmo 51 (50)  "Miserere".

Porque expôr tudo à vista? Lhe é suficiênte um simples olhar dentro de sí, para colher o quanto há de pouco luminoso.
 
Se insiste naquele olhar risca a interioridade e também o escrúpulo... e rende a confissão uma dôr de cabeça.

Uma dôr de cabeça, sim, porque se resolve numa inútil busca nos  meandros da memória, para extrair, também, um inútil Catalogo, acurado, meticuloso de pequenas misérias e sub-misérias, que tornam morbidos os piedosos ouvidos do pobre confessor.....

A meticulosidade acontece nos casos de culpas graves, mas também nesses casos precisa ter calma: se rejeitamos um penitênte Pascal nessa direção, acontece que nem virá mais nem na època da Pascoa.

Melhor ocupar o tempo preparatório à Penitência, pensando com seriedade naquilo que vamos receber, ou seja, os subsidios sacramentais necessários a não mais recair.

0 exáme preparatório da Confissão?  Um pouco como para a Eucaristia: saber e pensar QUEM vamos receber, ou seja, energias divinas para nos converter.
 
 Tradução a cargo de Alberto Rossini (Brasil)
 
          

AS VIAS DO ESPIRITO

Imitação ....3.6 DA PROVA DO VERDADEIRO AMOR

Image

Imitação ....3.6
DA PROVA DO
 VERDADEIRO AMOR

 
Filho, não és ainda bastante forte e prudente no teu amor. Porque, por qualquer contrariedade,abandonas o que começaste e procuras consolação com muita avidez.
O amigo forte e corajoso persevera nas tentações e não acredita nas sugestões astuciosas do inimigo. Assim como eu lhe agrado na fortuna, assim não lhe agrado na na adversidade.
O amigo discreto não tanto considera a dádiva, quanto o amor de quem dá.
Olha mais para o afeto do que para os beneficios e põe todos os dons abaixo daquele a quem ama.

THE WAYS OF THE SPIRIT

The Holy Shroud

Image

The Holy Shroud
From the studies of
Mons. Giulio Ricci,
Shroud researcher


The Shroud is a rectangular linen (m. 4,36 x 1,1), woven in a three-to-one herringbone twill composed of flax fibrils and is the most eloquent “corpus delicti” used by researchers to reconstruct the offensive event it shows: the death on the cross. The crucified man, before his death, has suffered under a particularly cruel flagellation, a crowning with thorns (first ever registered by researchers in a crucifixion), an upward gouge in the side caused by a spear penetrating into the thoracic cavity and at last shrouded, naked, in a linen without being previously washed and covered with resins. The integrity of the shroud testifies that the body it shrouded never knew the corruption; otherwise the shroud itself would have been damaged.
 

LOS CAMINOS DEL ESPIRITU

Y lo envolvió en pañales.

Image

Y lo envolvió en pañales.
“Ya está aquí dentro de mi corazón tu despreciado Jesús. ¡Se ha contentado con este pobre pesebre! Madre mía, ¡me da pena pensar que lo que va a encontrar duro y frío!....
¡Si tú quisieras obtener para mi corazón un colchoncito de caridad para con mis prójimos, aunque sean mis enemigos, no sólo de palabra, sino en el pensamiento y en la obra…, unos pañalitos de presencia afectuosa del Jesús tuyo y mío!.... Así, ¡blandito y abrigado!....
Y lo reclinó en un pesebre.


WEGE DES GEISTES

Con Te nel cuore

Image
 
Con Te nel cuore
non ho paura
 

Preghiere

Gesù mio, con dure funi

Image

Gesù mio, con dure funi

Gesù mio, con dure funi
come reo, chi ti legò?
Sono stati i miei peccati
Gesù mio, perdon, pietà.

Gesù mio, la bella faccia
chi crudele ti schiaffeggiò?